Buscar

Padrinho da FDEPR e da CBDE, Giba concorre ao título de maior atleta olímpico brasileiro

Por: Assessoria de imprensa


Em meio a discussão sobre o adiamento das Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio 2020, devido a pandemia global de coronavírus, o GloboEsporte.com e o Esporte Espetacular criaram a série Os Maiorais reunindo as principais lendas olímpicas brasileiras para eleger quatro categorias: o maior momento olímpico brasileiro e internacional, o maior atleta olímpico internacional e o maior atleta olímpico brasileiro, categoria que o padrinho da FDEPR e da CBDE, Giba, está concorrendo. O resultado será anunciado no próximo domingo (29).


Gilberto Amauri Godoy Filho, o Giba, é um dos maiores jogadores da história do voleibol brasileiro e mundial. Multicampeão pela Seleção Brasileira de Vôlei, o ponteiro conquistou o ouro em Atenas 2004, e duas pratas, em Pequim 2008 e Londres 2012. No Campeonato Mundial, realizado de quatro em quatro anos, o esportista se tornou tricampeão (2002, 2006 e 2010).

Na Liga Mundial, Giba foi campeão oito vezes (2001, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2009 e 2010). Além dos títulos coletivos, o paranaense foi eleito seis vezes o melhor jogador de vôlei do mundo.


Com um currículo excepcional, construído durante 23 anos de dedicação ao esporte, Giba conquistou a admiração de atletas, técnicos e torcedores de todo o mundo. Hoje, o ex-atleta compartilha suas experiências de vida em palestras motivacionais por todo o Brasil.

Em 2015, Giba se tornou o padrinho da Federação do Desporto Escolar do Paraná (FDEPR) e padrinho da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE) em 2017.

Presidente da FDEPR, Clesio Prado, junto com o Giba


“Me sinto muito honrado em fazer parte desse grupo seleto de jogadores brasileiros olímpicos que estão nessa lista com grandes nomes. Sem dúvida, me sinto mais honrado em defender o meu país e, também, o meu estado onde tudo começou. Sem a ajuda que eu tive do meu estado eu não chegaria em lugar nenhum. Eu lembro em 1993, quando fui campeão infanto juvenil, que tinha o Paraná Olímpico, e sem dúvida isso ajudou bastante eu continuar minha carreira sem precisar procurar emprego. Isso foi muito importante”, disse Giba.


Para o atleta, concorrer junto com outros atletas consagrados no esporte olímpico é algo muito gratificante, mas a conquista não é apenas dele. “Já sou vencedor por fazer parte dessa lista. Coloco junto toda a minha equipe, porque no voleibol a gente não ganha nada sozinho. Precisamos de todos e todos foram muito importante durante esses 20 anos que passei na Seleção. Só tenho a agradecer por fazer parte desse rol de atletas olímpicos seletos do Brasil nesse momento”, concluiu.

(Foto: Arquivo LANCE!)


Além do Giba, concorrem a maior atleta olímpico de todos os tempos: Adhemar Ferreira da Silva (atletismo); Cesar Cielo (natação); Sheilla (vôlei); Robert Scheidt (vela); Torben Grael (vela); Joaquim Cruz (atletismo); Isaquias Queiroz (canoagem); Oscar (basquete); e Marta (futebol).


A votação está disponível no link: https://interativos.globoesporte.globo.com/olimpiadas/os-maiorais/materia/maiorais-maior-atleta-olimpico-brasil

0 visualização
cbde-logo_1 (1).jpg
logo isf.png

© 2019 by FDEPR