Buscar

Mais de 170 crianças e adolescentes participaram do I Festival Escola +Esporte = 10 Judô e Taekwondo

O sábado, 20, foi marcado pela participação de mais de 170 crianças e adolescentes no I Festival Escola + Esporte = 10 Judô e Taekwondo no Centro de Iniciação ao Esporte, em Curitiba. O evento é uma realização da Federação do Desporto Escolar do Paraná (FDEPR) e da Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude (SMELJ).


“Não é só importante, é relevante a retomada do esporte no estado do Paraná. Foram meses difíceis, por isso fechar o ano com competições é emocionante. Aqui vimos as famílias e os atletas respeitando os protocolos sanitários ao mesmo tempo que não faltou diversão”, enfatiza presidente da FDE-PR, Clésio Prado.


No período da manhã, a modalidade de judô teve 144 atletas participando com idade a partir dos quatro anos. Entre os iniciantes, está Estevão Panaro, 4 anos. “Ver ele competido foi emocionante. Porque o esporte muda a vida, o caráter da criança. Então, é emocionante ver a primeira competição – como foi hoje – e acompanhar o crescimento dele”, conta mãe de Estevão, Ayra Panaro.


O coordenador de lutas da SMELJ Carlos Kussumoto explica que o festival é a melhor forma de inserir o atleta no mundo das competições. Para ele, é o momento dos atletas mostrarem o que aprenderam e uma forma de motivação para se desenvolver. Antes da pandemia, a SMELJ contava com projetos sociais de luta em oito regionais com cerca de 1100 alunos. Há quase três meses, o projeto foi retomado em quatro regionais: Boqueirão, Tatuquara, CIC e Bairro Novo. “Vamos retomando aos poucos, porque as crianças precisam da socialização. Hoje vimos que mesmo respeitando os protocolos de distanciamento e sanitários, a garotada pode se divertir”, afirma Kussumoto.


À tarde foi a vez do taekwondo com 32 atletas. Com 11 anos, Arthur de Oliveira de Andrade estreou no modalidade com a supervisão do irmão Felipe Oliveira de Andrade, 17 anos. “Eu tinha oito anos e decidi que queria praticar algo, tentei capoeira não gostei. Quando fiz a primeira aula de taekwondo me apaixonei. Agora, meu irmão está começando, três meses treinando”, conta Felipe. Na primeira competição, Arthur conquistou sua primeira medalha e logo de cara o primeiro lugar.


O secretário Municipal de Esportes de Curitiba, Emilio Trautwein, ressaltou a importância das parcerias no fomento do esporte, como a SMELJ com a FDE-PR. O presidente da FDE-PR, Clésio Prado, ressaltou a importância do programa por meio da lei de incentivo ao esporte. “Um dos mecanismos que proporciona recurso para fazermos eventos sem cobrança de taxa, um evento social como este”, enfatiza Prado.


Durante a abertura também participaram o vereador Osias Moraes, deputado estadual Alexandre Amaro, técnico da seleção brasileira de taekwondo olímpica e paralímpica Rodrigo Ferla, delegado da região Sul e representante da Federação Paranaense de Judô Rodrigo Tonietto.


O I Festival contou com apoio da Federação Paranaense de Taekwondo e a Federação Paranaense de Judô.