Buscar

JEB's tem adesão de 100% dos estados e participação massiva confirmada nas 17 modalidades

Evento estima receber 6,2 mil atletas de 12 a 14 anos para disputas no Parque Olímpico da Barra entre 29 de outubro e 5 de novembro


Um novo termômetro da dimensão do interesse despertado pela retomada dos Jogos Escolares Brasileiros (JEB's) em 2021 foi revelado nesta semana, com a confirmação de que 100% das Unidades Federativas do país assinaram termos de cooperação técnica para garantir a presença de delegações na competição. Após um intervalo de 17 anos, o megaevento para estudantes de 12 a 14 anos voltará a ser disputado este ano e terá como palco o Parque Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro, entre 29 de outubro e 5 de novembro.



Segundo informações da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), responsável pela organização, os 26 estados e o Distrito Federal não só referendaram a adesão como garantiram presença em praticamente todas as 17 modalidades do programa oficial. "Essa adesão mostra o grande interesse dos estados e federações escolares em estar presente. Significa também que os alunos, escolas e atletas vencedores de seletivas estaduais estarão garantidos nos JEB's", afirmou Éverson Ciccarini, diretor geral dos JEB’s.


De acordo com as informações remetidas pelos estados, a competição terá atletas de todas as Unidades Federativas em 13 das 17 modalidades. Em todos os esportes coletivos – basquete, futsal, handebol, vôlei e vôlei de praia – a participação será de 100%. As exceções são badminton, ginástica rítmica e wrestling, que terão representantes de 26 das 27 Unidades Federativas, e a ginástica artística, que exige estrutura mais específica de treinos e, mesmo assim, terá competidores de 20 estados e do Distrito Federal.

“Desde que cheguei à Secretaria Especial do Esporte, há um ano, sempre trabalhamos no sentido de inverter a pirâmide do esporte brasileiro e voltar a dar protagonismo ao esporte educacional. Ter o esporte forte nas escolas significa reforçar um pilar importantíssimo para a formação de nossos jovens. A prática esportiva transmite uma série de valores que irão acompanhar esses estudantes por toda a vida. Saber que todos os estados e o Distrito Federal já estão se empenhando para participar dos JEB’s deste ano é a confirmação de que teremos um grande evento”, afirmou o secretário Especial do Esporte, Marcelo Magalhães.


Presidente da Federação do Desporto Escolar do Paraná, o ex-atleta Clésio de Marins Prado indica como a competição repercute na ponta, nos estados e municípios. "Para nós, perceber essa dimensão que os JEB's estão tomando é algo extraordinário, um sucesso. Retomar os JEB's foi uma decisão assertiva e que ajuda a construir a estrutura de verticalização do esporte, com o Governo Federal na administração central, as entidades de gestão do desporto escolar reconhecidas, os estados, municípios e terceiro setor ativos e as comunidades e famílias motivadas", avalia Clésio.


O estado da Região Sul tem longa tradição em competições escolares e é um dos que terá participação em 100% das modalidades. No modelo de organização paranaense, um Termo de Cooperação estabelecido entre a Federação do Desporto Escolar e o Governo do Estado legitima as seletivas, que abrangem não somente os JEB's, mas outras competições do calendário da CBDE, inclusive para a faixa etária de 15 a 17 anos.


Na opinião de Clésio, a escolha do local simbólico para o desporto de alto rendimento nacional e a opção por selecionar uma lista de ícones do esporte nacional como embaixadores do evento são outras características que transformam a retomada dos JEB's em um evento atrativo.