Buscar

Experiências no Desporto Escolar: Do berço mundial do esporte ao continente africano

A Importância do basquete escolar no Paraná e no Brasil


Por: Assessoria de imprensa


Quando falamos sobre a experiência de viver o desporto escolar, muitas vezes pensamos apenas nos alunos/atletas e esquecemos daqueles que contribuem para o aumento da qualidade do método de ensino e das atividades desenvolvidas: os professores/técnicos. Cláudio Lisboa, de Foz do Iguaçu, é um grande exemplo de comandantes que colecionam momentos incríveis com a Federação do Desporto Escolar do Paraná (FDEPR) e Confederação Brasileiro do Desporto Escolar (CBDE).

Técnico Cláudio com as alunas/atletas viajando para a África (Foto: Arquivo pessoal)

Cláudio Henrique Lisboa se tornou uma referência no basquetebol estadual pelo trabalho desenvolvido nessa área. Há 21 anos atuando na modalidade, o técnico alcançou importantes conquistas regionais, nacionais e internacionais. “Um dos motivos do ano passado eu chegar a Seleção Brasileira Sub-14 feminino foi os resultados que tivemos nas competições da Federação do Desporto Escolar. Levamos o título nacional vencendo São Paulo, que sempre teve hegemonia, e para o nosso trabalho e projeto foi super importante”, disse.

Conquista do Campeonato Brasileiro Escolar de Basquete (Foto: CBDE)

Entre algumas participações nas competições da FDEPR/CBDE, como seletivas estaduais e Brasileiro (Recife em 2017 e Brasília em 2019), Cláudio ainda viveu a experiência do Mundial duas vezes. No ano de 2018, o professor teve a oportunidade de conhecer São Tomé e Príncipe, na África, pelos Jogos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), no qual viu a equipe brasileira conquistar o vice-campeonato na modalidade basquete 3x3 feminino. “Eu e as atletas não esperávamos nunca ir para a África e acabamos conhecendo o continente africano, a cultura, as paisagens, os pontos turísticos e tivemos um choque de realidade devido à pobreza. Foi uma viagem muito bacana”, disse.

Delegação Brasileira em São Tomé e Príncipe, na África, em 2018 (Foto: Arquivo pessoal)

Em 2019, embalados pela boa campanha do ano anterior, o time feminino comandado por Cláudio conquistou o Campeonato Brasileiro Escolar e carimbou o passaporte para o Mundial Escolar de Basquete, evento realizado pela Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF), que aconteceu na Ilha de Creta, na Grécia. “Essa foi outra viagem extramente importante tanto na parte esportiva quanto na parte cultural. Conhecemos o berço da nossa sociedade, tivemos a oportunidade de visitar vários templos e construções. Foi espetacular”.