Buscar

Autoridades do mundo político e esportivo se reúnem em Brasília para definir o retorno dos JEBs



Brasília – Na manhã desta quinta-feira (24), a Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE) em parceria com  a Secretaria Especial de Esporte, órgão vinculado ao ministério da Cidadania, promoveu na capital federal, a primeira reunião de trabalho que definiu o pontapé inicial para a realização dos Jogos Escolares Brasileiros, carinhosamente conhecido como “JEBs”. O evento contou com a participação de autoridades esportivas, políticas e acadêmicas que iniciaram um amplo diálogo sobre as ações que serão estabelecidas após o encontro.


O anúncio de retorno dos jogos foi feito pelo próprio secretário Especial do Esporte, Marcelo Magalhães, em julho deste ano, ocasião em que ele informou que o torneio será realizado entre a secretaria e a CBDE, gerando uma expectativa positiva no retorno dessa competição que durante muitos anos foi celeiro na descoberta de grandes nomes para o esporte nacional fazendo parte na vida de milhares de atletas.


– Vamos continuar trabalhando em conjunto para construir relevância no desporto escolar educacional. O nosso compromisso, alinhado ao pensamento do ministro Onyx e do presidente Bolsonaro, é de fortalecer o segmento dando a base esportiva do nosso país a posição de destaque que ele merece.  


Recepcionado pelo presidente Antônio Hora Filho, o secretário Magalhães chegou ao lado de seu adjunto, André Alves, e do deputado federal, Eduardo Bolsonaro que enalteceu a agenda de resgate de tudo aquilo que, segundo ele, faz a diferença no futuro do esporte.


– A secretaria é enxuta e não conseguiria fazer um trabalho grandioso de nível nacional se não tivesse a CBDE vindo junto, se complementando, organizando na esfera estadual e depois na nacional, os Jogos Escolares Brasileiros. Parabéns a Confederação, e vamos colocar a juventude para praticar esporte, pois faz bem para a saúde e quem sabe surja um talento que possa nos trazer ainda mais alegrias no futuro.


A competição será realizada entre estudantes de 12 a 14 anos que irão buscar uma vaga para o Campeonato Sul-Americano Escolar, previsto para ser realizado no Brasil, em dezembro de 2021. Durante sete dias, as disputas prometem agitar a capital carioca, aquecendo a economia e deixando mais um legado esportivo para o Estado do Rio de Janeiro.

Ao todo, serão dezessete modalidades esportivas disputadas simultaneamente por 7.500 atletas escolares. Além disso, mais de 8 mil passagens aéreas serão destinadas para as delegações. Desse montante, 1.350 serão para treinadores, 400, para árbitros e outras 400 estão destinadas para os delegados.

Na premiação, serão 140 troféus e mais de 2 mil medalhas. Todo o evento será transmitido ao vivo, para todo Brasil, em mais de 180 horas de transmissão em nossos canais de comunicação.


Cidade sede